Homossexualidade: adoção



Olá, tudo bem? Sei que tenho andado um pouco afastada disto e peço imensa desculpa, mas com isto da escola e devido à falta de inspiração, eu não conseguia escrever. Após vários dias sem saber do que falar, tive a fantástica ideia de abordar um assunto bastante atual nos nossos dias e dar a minha opinião sobre isso.

A aprovação de adoção de crianças por homossexuais.

Futuro








Olá, tudo bem? Hoje vou abordar um tema que provoca stress nos alunos que frequentam o último ano de escolaridade obrigatória em stress provocado pelas difíceis decisões a tomar, como a ida para a universidade/faculdade, a escolha do curso que pretendemos tirar, para mais tarde exercê-lo... São diversas questões que levam muitos ao estado de loucura.




Aqui, em Portugal, na altura para nos inscrevermos para a universidade temos de apresentar seis propostas, porém, se não conseguirmos entrar naquilo que realmente queremos, (ou seja, a primeiro opção), temos sempre a 2ª e a 3ª fase. Também existem os pré-requisitos que só alguns institutos pedem, que na altura de março eles pedem trabalhos ou algo do género e em seguida avaliam, não sendo necessário apresentar a média das notas escolares ao longo dos três anos letivos.

Como já devem ter-se apercebido ando no ultimo ano de ensino obrigatório, estou no curso de Artes Visuais e gostaria de ser designer de interiores.






Este curso está disponível em várias universidades/faculdades, contudo, grande parte delas são privadas, e as restantes ficam longe da minha cidade, ficando ambas as opções com custos bastante elevados.

Decidi consultar a psicóloga da escola, aconselhando-me a tirar outro curso como design, design de industrial, design gráfico e de seguida fazer umas pós-graduação de design de interiores, tendo assim mais especialização no ramo da decoração, o que foi uma óptima ideia, todavia, tenho um certo receio de ir para um destes cursos e não gostar, não ser aquilo que quero prosseguir. Para não falar também de certas coisas negativas que me dizem sobre os cursos.
Porém também tenho pessoas que me ajudam, como a fume.

Estou muito insegura a cerca disto, porque prejudica-me, não só a mim mas também aos meus familiares.
E vocês têm planos académicos? O que pretendem seguir?




Beyoncé? Beyoncé!



Todos nós temos alguém para nos inspirar, tanto pode ser um membro do agregado familiar, uma pessoa aleatória da nossa vida ou uma personalidade reconhecida. Existem casos e casos, e o meu é a Beyoncé. 

S.O.S.



Olá, como vai a vida? Sejam bem-vindos ao Cruel Velvet, o meu primeiro blog pessoal onde irei abordar os mais variados temas relativos a assuntos do meu interesse que vos quero dar a conhecer. Eu não sei ao certo o que dizer como introdução, por isso, deixo apenas estas palavras para oficializar a tão aguardada abertura (só que não). Eu vim parar aqui porque a fume me obrigou. HELP

Eu vejo o blogger como uma forma de desenvolver as minhas capacidades de escrita já que os testes de português não me correm lá muito bem. Enfim, cá estou eu. Prazer.

Min(soa).